domingo, 18 de março de 2012

Gengibre ajuda a perder a barriga


Descubra como o gengibre ajuda a queimar as gorduras abdominais e conheça os benefícios que ele proporciona à saúde

Destaque da Matéria
Gengibre ajuda a acelerar o metabolismo

O emagrecedor natural


O gengibre é responsável por acelerar o metabolismo por ter um efeito termogênico. "Contém óleos essenciais que produzem calor, ativam a circulação e otimizam a queima calórica", afirma a nutricionista Roseli Rossi.

Turbine a perda de peso


- Chá Tome três xícaras ao dia: uma pela manhã, outra à tarde e uma à noite.

- Pó Divida 2 g do pó em três partes. Dilua cada uma em água. Tome antes das refeições.

- Tintura 10%* Beba de 15 a 30 gotas três vezes ao dia, antes das principais refeições.

Duas receitas de chá emagrecedores


1. Chá com camomila (receita da nutricionista Ioná Zalchman)
- 1 colher (chá) de gengibre ralado
- 1 colher (sobremesa) de camomila
- 200 ml de água fervida

Despeje o gengibre e a camomila na água e tampe por alguns minutos. Coe e tome quente.

2. Chá tradicional (receita da nutricionista Roseli Rossi)
- 1 colher (chá) de gengibre ralado
- 1 xícara (chá) de água

Despeje o gengibre na água e ferva por cinco minutos. Coe e tome morno. Se quiser, pode mastigar os pedacinhos da erva.
Destaque da Matéria
Além de emagrecer ele melhora a saúde
Foto: Getty Images

Contribuições para a saúde


Ação anti-inflamatória, antibacteriana e antisséptica O gengibre combate a proliferação de vírus e bactérias alojadas no organismo. Dor de garganta? Tome o chá da erva três vezes ao dia.

Turbina o sistema imunológico "Rico em antioxidantes, combate os radicais livres, prevenindo gripes e resfriados", explica o nutrólogo Andrea Bottoni.

Evita rugas precoces Segundo a nutricionista Ioná Zalchman, a mesma ação antioxidante que melhora o sistema imunológico também previne o envelhecimento precoce da pele.

Afrodisíaco Ao produzir calor, promove a vasodilatação e o aumento da circulação sanguínea. Isso facilita a ereção dos homens e intensifica a sensibilidade no clitóris das mulheres.

Previne o câncer Um estudo realizado pela Universidade de Michigan, nos Estados Unidos, mostrou que a composição do gengibre pode inibir o avanço do câncer de cólon.

Melhora a náusea Os óleos essencias da planta podem aliviar o enjoo decorrente da quimioterapia e o mal-estar de quem fica nauseado ao viajar. "Mastigue até 1 colher (café) de gengibre ralado para melhorar o problema",

Uma Raiz Incrível

O QUE É GENGIBRE?
É uma raiz tuberosa, que tem o nome científico de “Zingiber Officinalis”, usada tanto na culinária (seja como tempero ou mesmo compondo determinados pratos) quanto medicinalmente.
QUAL É A SUA ORIGEM?
É uma planta nativa da Ásia, onde é usada há milhares de anos, mas que também se dá bem em climas tropicais como o Brasil, África, Antilhas, etc.
Gengibre
QUAL É A SUA HISTÓRIA?
Foi trazida para o Brasil pelos holandeses, no século 16, mas os marinheiros chineses já usavam o gengibre, há cerca de dois mil e quinhentos anos, embora, até hoje, não se tenha descoberto ainda o ingrediente que ele contém e também não se sabe precisamente seu modo de ação.
QUAIS SÃO AS INDICAÇÕES MEDICINAIS?
São várias tanto interna quanto externamente.
QUAIS SÃO AS INDICAÇÕES PARA USO INTERNO?
Desde que usado na dosagem adequada e usando produto de boa qualidade, é:
Estimulante gastrintestinal;
Carminativo, isto é, combate os gases intestinais (flatulências), as cólicas e os vômitos;
Sialagogo, quer dizer, excita a secreção salivar e gástrica;
Ótimo para a rouquidão, irritação da garganta, bronquites;
Expectorante eficaz;
Tônico geral – devido à presença de uma substância chamada niacina, promove pele saudável, bom equilíbrio nervoso e proteção ao aparelho digestivo ;
Excelente para os chamados enjôos de movimento (viagens de navio, barcos, etc.);
Eficiente para diminuir bastante as náuseas pós-operatórias.
COMO DEVE SER PREPARADO O GENGIBRE PARA USO INTERNO? QUAIS AS DOSAGENS?
INFUSÃO
2 gramas da raiz, numa proporção para 100ml de água fervendo – deixar a vasilha tampada durante, pelo menos, 10 minutos; É eficiente para as cólicas menstruais;
DECOCÇÃO
1 colher das de chá da raiz triturada, em 1 xícara das de chá, com água – tomar 4 xícaras de chá durante o dia;
CHÁ
É uma concentração mais fraca, podendo-se adicionar outros ingredientes (mel, limão, etc.)
MASCAR
Usar um pedaço fresco de raiz e mascar (ou deixar, simplesmente na boca), pelo menos, 2 vezes ao dia – ótimo para rouquidão;
CÁPSULA
Tomar 1 cápsula (geralmente de 1 grama), meia hora antes de viajar – para prevenção do enjôo de movimento; se persistir o enjôo, tomar doses menores (cápsulas de 500 mg), a cada 4 horas, mas não ultrapassar 4 gramas no total (para adultos; para crianças, sempre metade das doses);
BALAS
Há no comércio, principalmente em drogarias, balas para aliviar irritações da garganta que, da mesma forma, devem ser consumidas com moderação.
QUAIS SÃO AS CONTRA-INDICAÇÕES?
Não foi encontrado nenhum relato até o momento (desde que respeitadas as dosagens e a boa procedência do produto).
QUAIS SÃO OS CUIDADOS A SEREM TOMADOS?
QUANTO À DOSAGEM
Estudos de laboratórios diversos fazem referência aos possíveis casos de consumo em quantidade exagerada, fora das recomendações, o que pode causar distúrbios no sistema nervoso central, com sua conseqüente depressão, levando a uma arritmia cardíaca;
QUANTO À INTERAÇÃO COM MEDICAMENTOS
O gengibre pode alterar a ação de anticoagulantes, o que invalida o seu uso por parte de pessoas que estejam tomando, rotineiramente ou não, medicamentos com essa ação, bem como medicação para o coração, para diabetes e gestantes
E PARA USO EXTERNO?
Funciona como revulsivo, isto é, age à distância da origem do problema apresentado. É muito usado em casos de reumatismos e até mesmo em traumatismos, sendo altamente recomendável observar a evolução do caso e usar pouca quantidade, pois poderá causar queimaduras.
QUAIS AS FORMAS DE UTILIZAÇÃO?
Para fazer fricções à preparar uma tintura,usando 100 gramas da raiz moída, numa quantidade de meio litro de álcool, principalmente, nos casos de reumatismos;
Em cataplasmas à moer , ralar e amassar bem o gengibre: em seguida, colocar num pano, e deixar sobre o local afetado, nos casos de reumatismos, traumatismos diversos.
E NA CULINÁRIA?
O gengibre tem um uma resina com um gosto picante, que é muito utilizado pela criatividade culinária, em diversos pratos salgados, pães, tortas, pudins, em molhos, como condimento, em doces em calda e até em sorvetes. O detalhe importante é que, devido ao seu forte sabor, precisa ser usado com muita parcimônia, sem exageros.

Gengibre e o seu poder

O gengibre é muito conhecido como parte integrante de grande parte das bebidas de verão. Mas também é utilizado na preparação de diversos pratos como é o caso do frango xadrez, prato típico chinês, ou ainda como condimento da comida tradicional da Índia.
O gengibre possui sabor picante e pode ser usado tanto em pratos salgados quanto nos doces e em diversas formas: fresco, seco, em conserva ou cristalizado. O que não é recomendado é substituir um pelo outro nas receitas, pois seus sabores são muito distintos: o gengibre seco é mais aromático e tem sabor mais suave.

Popularmente, o chá de gengibre, feito com pedaços do rizoma fresco fervido em água, é usado no tratamento contra gripes, tosse, resfriado e até ressaca. Banhos e compressas quentes de gengibre são indicados para aliviar os sintomas de gota, artrite, dores de cabeça e na coluna, além de diminuir a congestão nasal e cólicas menstruais.
È utilizado na fabricação de xaropes para combater a dor de garganta. Sua ação anti-séptica pode ser a responsável pela fama, tanto que muitos locutores e cantores revelam que entre os seus segredos para cuidar bem da voz está o hábito de mastigar lentamente um pedacinho de gengibre. No entanto, esse hábito (mascar gengibre e em seguida cantar ou falar, enfim, fazer uso da voz) é contra-indicado visto que o gengibre possui também propriedades anestésicas e esta “anestesia tópica” diminui o controle da emissão vocal, favorecendo o aparecimento de abusos vocais.
No Japão, massagens com óleo de gengibre são tratamentos tradicionais e famosos para problemas de coluna e articulações, também é utilizado para massagear o abdome, provocando calor ao corpo e excitando os órgãos sexuais, pois acredita-se que possua poder afrodisíaco.
Na fitoterapia chinesa, a raiz do gengibre é chamada de “Gan Jiang” sua ação mais importante é a de aquecer o baço e o estômago, expelindo o frio. É usada contra a perda de apetite, membros frios, diarréia, vômitos e dor abdominal. Aquece os pulmões e transforma as secreções.
Recentemente, a OMS (Organização Mundial da Saúde) reconheceu a ação dessa planta sobre o sistema digestivo, tornando-a oficialmente indicada para evitar enjôos e náuseas, confirmando alguns dos seus usos populares, onde o gengibre é indicado na digestão de alimentos gordurosos. Pesquisas realizadas com ratos na Universidade de Minesota (EUA) comprovaram também seus efeitos na prevenção do câncer intestinal. Seus princípios ativos são o gingerol e a gengiberina, que têm ação funcional na prevenção de doenças crônico-degenerativas.